Rafael Medeiros na luta pelos direitos das pessoas com deficiência

Passei os últimos dias viajando pelo interior da Bahia. A maior parte do tempo, passei em minha amada terra natal, Irecê. Pude conhecer diversas pessoas com deficiência, vi algumas serem tratadas como animais: pessoas com deficiência mental trancadas em quartos escuros, recebendo comida pela brecha da porta (Obs: já solucionamos o caso).

Na Bahia, são mais de 3 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência, pessoas que são privadas de estudos, privadas de uma vida social. Elas encontram barreiras não apenas fora de casa, mas também na família, que impendem que os seus familiares com deficiência estudem ou trabalhem, pois “protegem” demais, com medo de sofrerem preconceito, discriminação.

O caso de Jucileia, que aparece no vídeo, é revoltante. Ela tem 40 anos, é deficiência intelectual e nunca conseguiu se aposentar. Para comprar os seus medicamentos, é necessário usar o dinheiro da aposentadoria dos pais, que têm 80 anos cada um. Vale lembrar que o pai é cadeirante.

Enquanto homens que trabalharam a vida inteira não têm uma velhice digna; políticos, surrupiadores do dinheiro público, passam suas velhices em mansões, esbanjando o dinheiro roubado que poderia ser usado para dar um final de vida digno a famílias que passaram a vida inteira trabalhando para movimentar a economia da nossa nação e do Estado da Bahia.

Temos que renovar. Temos que ir às urnas eliminar os surrupiardes do dinheiro público, mostrar que o povo quer mudança.

Vamos renovar!

O povo honesto quer mudança!

Rafael Medeiros, pré-candidato a Deputado Estadual pela Bahia.

Conheça mais sobre a história de Rafael Medeiros acessando o site: www.rafaelSmedeiros.com.br