O ano letivo de 2018 foi um tanto quanto tumultuado em Ipirá com falta de merenda em algumas escolas, ameaça de greve no transporte escolar por atraso de pagãmente etc…
Em 2019, aparenta não ser diferente. Circula nas redes sociais, um vídeo publicado por uma moradora do bairro do Morro da Alegria, um dos mais populosos da cidade, onde é possível ver o estado lastimável em que se encontra a Escola Carlos Santana daquele bairro.

Na imagem é possível ver o muro praticamente destruído pela ação do tempo e dos vândalos e cachorros fazendo do local de abrigo. No áudio a moradora e mãe de aluno fala que até a cantina da escola não tem porta e os animais fazem suas necessidades fisiológicas lá dentro. Ela não informou se a cantina é dentro ou fora do prédio. A moradora concluiu o vídeo dizendo que a escola parece um cemitério abandonado.

No encontro pedagógico realizado no último dia (12), o prefeito municipal Marcelo Brandão discursou sob protestos de professores.

Outro fato que chamou a atenção principalmente de pais e alunos, foi o adiamento do início do ano letivo, do dia (18), para o dia (25), sob alegação de que as estradas estão sendo recuperadas e algumas escolas também. No entanto, ao que parece, a Escola Carlos Santana no Morro da Alegria, permanecerá como está, assim como outras escolas da sede no município.

Pelas imagens, é possível ver que a muito tempo a escola não passa por uma reforma. Em nota o vereador Weima Fraga disse o seguinte: O prefeito Marcelo Brandão dizia no seu programa na rádio que Ipirá recebia 10 Milhões por mês e que  dava para resolver tudo. E agora o que está na sua mão não dá mais porquê?

Caboronga Notícias com imagens de divulgação

COMPARTILHE
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •