O deputado Rodrigo Maia (DEM-RJ) foi eleito, nesta quinta-feira (13), presidente da Câmara dos Deputados. Em disputa no segundo turno contra Rogério Rosso (PSD-DF), Maia obteve 285 votos. Maia não é aliado do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e leva, depois de 20 anos, o DEM de volta ao comando da Câmara.

Filho do ex-prefeito do Rio de Janeiro, Cesar Maia, Rodrigo Maia está em seu quinto mandato na Câmara dos Deputados. Ex-presidente do Democratas (DEM), o parlamentar já foi por duas vezes líder da bancada do partido na Câmara.

Em seu discurso, durante a votação do segundo turno, destacou sua biografia e se disse pronto para assumir o comando da Casa. “Ofereço a dimensão da experiência que acumulei em quase 20 anos aqui dentro e a correção pela qual pautei minha vida pública”, disse Maia.

Citando a crise econômica que atinge o país e a crise política por que passa o Parlamento, o deputado afirmou que as repúblicas nunca se consolidam sem a força dos parlamentos.

“Quando a Câmara é atacada ou mal defendida, é cada um dos nossos mandatos que atacam”, disse Maia. “Sei que estou pronto para navegar nessa tormenta, que passará. A Câmara, o Congresso e o Brasil são maiores que qualquer crise”, finalizou.

Por Alexandre Galvão