O governador Rui Costa (PT) rebateu, na manhã desta segunda-feira (07), as críticas de opositores à decisão de enviar policiais ao Ceará para auxiliar no combate à onda de crimes das últimas semanas. O anúncio foi feito na última sexta-feira (04).

“Os criminosos também não gostaram, porque o que estamos pregando é a união do Nordeste contra o crime”, ironizou o petista, afirmando que irá propor aos governadores do Nordeste a formação de um consórcio para a segurança pública, prevendo inclusive a compra de equipamentos.”Vou pregar que a gente formalize isso de forma permanente. Se a bandidagem se une, se os grupos são os mesmos nacionalmente, por que os estados têm que atuar desunidos?”, completou.

Por: Fernanda Chagas e Guilherme Reis e foto de Adenilson Nunes/BNews