Secretário da Saúde afirma que medidas restritivas serão reavaliadas na próxima semana

O secretário estadual da saúde, Fábio Vilas-Boas, afirma que o estado vem monitorando as regiões da Bahia e irá reavaliar na próxima semana a necessidade da adoção de medidas restritivas com o objetivo de conter a disseminação do coronavírus. Ele afirma que a taxa de ocupação de leitos de UTI e o número de pessoas que aguardam mais de 24 horas nas emergências por vagas de internamento serão os principais indicadores levados em conta.

“Nesse momento, nós estamos trabalhando região por região, discutindo com os prefeitos, conversando para tentar atenuar. Na próxima semana, nós vamos reavaliar e se nós chegarmos à conclusão de que não está sendo possível deter o crescimento e as taxas de ocupação de leitos, mas, sobretudo, o número de pessoas aguardando mais de 24 horas nas emergências, que esse é outro indicador mais importante, pois eram 50 há pouco mais de cinco dias, agora já esteve em 150 e caiu para 120. Esse é um indicador muito importante, porque significa que pessoas estão ficando em Upas e emergências não adequadamente desenhadas pra fazer ventilação mecânica ou em tratamento especializado, quando poderiam estar num leito de UTI. Então nós monitoramos de um lado a quantidade de pessoas que não foram atendi.

Fonte Sesab – Foto: Divulgação/ Sesab