sábado, março 2, 2024

Sobe para 12 o número de mortes no Rio de Janeiro em decorrência das chuvas

Subiu para 12 o número de mortes no Rio de Janeiro em decorrência das chuvas intensas que atingiram o Estado desde o sábado, 13. Além das mortes, o temporal deixou um rastro de inundações e alagamentos em vias com efeitos sobre o transporte público.

Cidades da Baixada Fluminense e bairros da zona norte da capital do Estado, como Pavuna, Ricardo de Albuquerque, Acari e Irajá, foram os principais locais afetados pelas chuvas.

No domingo, o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PSD), decretou situação de emergência na cidade “devido aos impactos e aos danos provocados pelas chuvas”.

Nesta segunda-feira, a Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração e Desenvolvimento Regional reconheceu a situação de emergência do município do Rio de Janeiro, em decorrência de chuvas intensas.

A decisão consta de Portaria, publicada em edição extra do Diário Oficial da União deste dia 15 de janeiro.

Estadão Conteúdo

recentes