terça-feira, fevereiro 27, 2024

Tempestade causa destruição em duas comunidades de Vitória da Conquista

A Coordenação Municipal de Defesa Civil (Compdec) acompanhou neste sábado (13), a situação das comunidades quilombolas de Cachoeira das Araras e São Matheus, ambas no distrito de Bate-Pé, atingidas por uma forte tempestade na noite de sexta-feira (12), com rajadas de vento e granizo. A chuva deixou um rastro de destruição nas localidades.

A chuva intensa e atípica para esta época do ano veio acompanhada por rajadas de vento de mais de 40km/h e granizo, e teve duração de, aproximadamente, uma hora. O vendaval foi ocasionado pelo término do ciclo do fenômeno La Niña e a entrada do El Niño, principais causadores de mudanças climáticas abruptas.

Os casos mais preocupantes foram registrados em Cachoeira das Araras, com danos em várias casas, telhados e muros parcialmente destruídos, além de árvores arrancadas. Entre as edificações comprometidas estão o muro e parte do telhado da Escola Municipal Venceslau Ribeiro do Prado e o muro do cemitério local. Felizmente, ninguém ficou ferido

Segundo a coordenadora da Compdec, Rosângela Freitas, a Defesa Civil vai fazer o levantamento dos danos e acionar os órgãos competentes para prestar a devida assistência às famílias. “Apesar do alerta laranja, não foi o volume de chuva o principal causador do estrago, mas sim as rajadas de vento e o granizo. Agora vamos fazer o levantamento do número de casas atingidas e acionar os órgãos para prestar ajuda às famílias”, declarou Rosa. //Bsena

recentes