quarta-feira, julho 17, 2024

Tentativa de assalto contra filha de vereador deixa um morto em Piatã

O que era para ser uma noite de alegria terminou em tragédia no bairro de Piatã, na madrugada deste sábado (25). Maria Rodrigues, 26 anos, que é filha do vereador de Salvador, Joceval Rodrigues (Cidadania), foi vítima de uma tentativa de assalto com dois amigos quando tentava entrar no condomínio onde vive, por volta das 3h, voltando de um aniversário.

Uma amiga de Maria já tinha saído quando dois criminosos chegaram ao carro, mas ela e o empresário Marcos Augusto, 28, que acabou morto, foram pegos na ação. Dentro do veículo, os suspeitos pediram transferências em PIX para os dois e fizeram agressões.

“Eles pediram para abrirem os celulares e foram vendo os aplicativos dos bancos para fazer as transferências. Abriram o dele e viram que tinha dinheiro, mas Marcos não queria transferir e nem abrir o outro aplicativo que eles acharam no telefone”, conta o vereador Joceval, que conversou com a filha sobre o ocorrido.

As câmeras de segurança do condomínio da guarita do condomínio em que as vítimas tentavam entrar flagrou a ação dos criminosos. Enquanto dois pareciam aguardar em um carro que encosta atrás do veículo de Marcos, outros dois saem e dão a voz de assalto.

Ainda segundo ele, com medo, Maria teria feito tudo que os bandidos estavam mandando. Marcos, porém, entrou em pânico e começou a revidar as agressões que ele e a amiga estavam sofrendo, o que irritou os criminosos.

Já fora do carro, Maria, que está em estado de choque e não consegue falar com a imprensa, encontrou uma viatura e relatou o que tinha ocorrido para os agentes. Já na manhã de sábado, em uma delegacia não informada, ela recebeu imagens do corpo de Marcos abandonado e o reconheceu.

Procurada, a Polícia Civil não confirmou a identidade de Marcos, mas informou o fato de ter encontrado um corpo no bairro de Cassange com disparos de arma de fogo. O Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) investiga a autoria da ação criminosa.

Informações indicam que o carro teria sido seguido por um tempo até parar em Piatã. Por se tratar de um veículo importado e de alto valor, os suspeitos viram na ocasião uma oportunidade de não só roubar o veículo como extorquir o dinheiro de quem estava nele.

Marcos era empresário, atuava no ramo lojista de Salvador e só foi ao local para deixar Maria, que saiu sem se ferir. No entanto, traumatizada pela ação, a jovem está sendo acompanhada por psicólogo e por familiares.

Correio

recentes