sexta-feira, abril 12, 2024

Três dos 6 mortos em acidente com carro de Prefeitura eram pacientes

Seis pessoas morreram em um acidente envolvendo um micro-ônibus da Prefeitura de Valente, na BR-166, entre as cidades de Serrinha e Lamarão, no Nordeste baiano, na noite de sexta-feira, 14/7. Ao todo, foram sete vítimas, sendo que cinco morreram ainda no local e outras duas foram socorridas para um hospital. Uma não resistiu. Não há informações sobre o estado de saúde do sobrevivente.

Um vídeo, que circula pelas redes sociais, mostra um homem pedindo ajuda, enquanto ele filma o veículo destruído após tombar em uma de vegetação baixa.

Três dos 6 mortos em acidente com carro de Prefeitura eram pacientesDe acordo com a Prefeitura de Valente, o veículo era da Secretaria de Saúde e transportava pacientes de Salvador para Valente. Ao todo, cinco pessoas morreram na hora, incluindo um servidor público e um motorista. Um árbitro de futebol da cidade, identificado como Joelson Batista, também veio a óbito.

Em nota, o órgão lamentou a tragédia.

Mortes

Três dos envolvidos no grave acidente na BR-116 Norte, que deixou seis pessoas mortas na noite de sexta-feira, retornavam de um tratamento contra o câncer, em Salvador. O grupo viajava a bordo de uma van da secretaria da Saúde do município de Valente.

De acordo com a PRF (Polícia Rodoviária Federal), o acidente aconteceu por volta das 20h, no trecho entre Santa Bárbara e Serrinha. Três pessoas eram submetidas ao tratamento oncológico, o motorista do veículo, Paulo Vitor Silva de Lima de 34 anos, e mais dois acompanhantes, morreram.

Dionísio Araújo, 76 anos, tratava um câncer de próstata e era acompanhado pela esposa, Antônia Bispo, 54. O árbitro de futebol Joelson Batista da Silva, 65, também tratava um câncer de próstata. Além deles, Lúcia Porcina dos Reis, 77, outra paciente oncológica, e a filha, Maria Rita dos Reis, 44 anos, também tiveram as mortes confirmadas. Um homem, identificado como João Paulo Pinheiro Araújo, foi o único sobrevivente.

Fonte: A Tarde

recentes