quarta-feira, junho 19, 2024

‘Trio do bilhão’? Endrick encontra novos companheiros que valem R$ 17 bi

(UOL/FOLHAPRESS) – O atacante Endrick vai se encontrar nesta quarta-feira (5) pela primeira vez com uma espécie de nova versão do ‘trio do bilhão’, mas agora em euros no Real Madrid.

Vini Jr., Rodrygo e Éder Militão se apresentam nesta quarta na seleção, e cada um deles tem multa rescisória estipulada em 1 bilhão de euros (R$ 5,75 bilhões). Os três renovaram recentemente o contrato com o Real Madrid e as multas somadas atingem mais de R$ 17 bilhões.

Trata-se de uma nova versão daquilo que ficou conhecido no Palmeiras como ‘trio do bilhão’, constituído por Endrick, Estêvão e Luís Guilherme. Os três somados renderiam R$ 1 bilhão ao Verdão na opinião do coordenador de base, João Paulo Sampaio.

A multa rescisória de Endrick no Real ainda não foi oficializada, mas a tendência é que também seja de 1 bilhão de euros. O montante se tornou padrão em Madri e também figura nos contratos de Bellingham e Camavinga, por exemplo.

O centroavante foi negociado com o Real Madrid por 60 milhões de euros, sendo 35 milhões fixos (R$ 198 milhões na época) e 25 milhões por metas.

Vini Jr., Rodrygo e Militão completam os 26 convocados por Dorival Jr para a disputa da Copa América e já devem treinar nesta quarta. O trio ganhou folga após conquistar a Champions League com o Real, no último fim de semana.

A seleção ainda treina na quinta-feira pela manhã, viaja para College Station e treina no Kyle Field na sexta. O Brasil joga no mesmo estádio contra o México no sábado, às 22h, em amistoso preparatório para a Copa América.

recentes