Na tarde deste domingo (05), aconteceu no Estádio Municipal José Luís dos Santos, a grande final do Campeonato Municipal de Futebol 2016, promovido pela Liga Desportiva Ipiraense. Duas torcidas apaixonadas lotaram as arquibancadas para prestigiarem um jogo eletrizante entre as equipes de Bahia e União.

A partida for marcara de fortes emoções e no tempo normal as equipes empataram pelo placar de 1 a 1. O União abriu o placar aos 7 minutos com gol de Tobinha e o Bahia empatou em seguida com Anderson. Na decisão por pênaltis o placar foi 4 x 3 para o União. Os jogadores Boca e Bruninho perderam os pênaltis pelo Bahia e o União sagrou-se campeão ipiraense pela sétima vez.

O trio de arbitragem composto por Rafael Luís, José Amador e Felipe Lima. O árbitro reserva foi Anilton Ribeiro, todos do quadro profissional da FBF.

O troféu de campeão levou o nome do saudoso Valdivino (pai de Ney Sodré).

Roni Serrinha foi o artilheiro do campeonato, Lanlan melhor goleiro, Netinho melhor jogador e We filho de Carlinhos revelação do campeonato.

Público pagante: 2413 e a renda somou R$: 24.413,00.

Cartão amarela para o União; 14-Yure e 17 Bode. Cartões para o Bahia; 10-Bruninho e 8-Erivaldo.

A nota triste na festa de entrega da premiação foi a escuridão que tomou conta do estádio, impedindo que os jogadores e sua torcida fizessem uma festa digna. Foi badalado aos quatro ventos que o Estádio Municipal de Ipirá receberia iluminação para sediar jogos à noite. No entanto, o que se viu foram quatro estacas de cimento fincadas dentro do campo que até então, ninguém sabe qual a serventia.

Parabéns ao União Ipiraense e ao Bahia pelo belo show de bola e especialmente as torcidas que fizeram a alegria do jogo, num clima de paz e harmonia.

Caboronga Notícias
redacao@caboronganoticias.com
Informações e foto, Anilton Ribeiro “Paulistinha”