sábado, maio 25, 2024

Veja os dez melhores e os dez piores países em IDH no ranking da ONU

(FOLHAPRESS) – O relatório mais recente sobre o IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) da ONU (Organização das Nações Unidas) mostra que a recuperação dos países após a pandemia de covid continua desigual. Os dados de 2022 foram divulgados pelo Pnud (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento) nesta quarta-feira (13).

Enquanto o impacto da pandemia representou a maior queda do IDH registrada desde o início da série, nos anos 1990, as maiores preocupações para o futuro, segundo o relatório, têm sido a polarização política, marcada pela divisão interna em países e o apoio a líderes que minam a democracia.

O índice de cada país é composto pela média de indicadores de expectativa de vida ao nascer, escolaridade e renda. Quanto mais próximo de 1, melhor o IDH.

Atualmente, o topo é da Suíça, com 0,967, e em último lugar está a Somália, que registrou 0,380. Após dois anos de queda consecutiva, o Brasil voltou a registrar crescimento no IDH, chegando a 0,760, mas perdeu duas posições no ranking, caindo de 87º para 89º.

Além de choques como a pandemia, guerras também provocam variações significativas no índice de desenvolvimento dos países. Há dois anos em guerra com a Rússia (0,821), a Ucrânia, por exemplo, caiu de 0,773 para 0,734, regredindo a um patamar de 20 anos atrás, e saiu da 77ª para a 100ª posição.

Veja abaixo quais são os países com os 10 melhores e os 10 piores índices de desenvolvimento humano, segundo a ONU.

Os 10 melhores e os 10 piores países segundo o ranking de IDH da ONU

Em 2022

Melhores

Suíça (1º) – 0,967
Noruega (2º) – 0,966
Islândia (3º) – 0,959
Hong Kong (4º) – 0,956
Dinamarca (5º) – 0,952
Suécia (6º) – 0,952
Alemanha (7º) – 0,950
Irlanda (8º) – 0,950
Singapura (9º) – 0,949
Austrália (10º) – 0,946Piores
Serra Leoa (184º) – 0,458
Burquina Faso (185º) – 0,438
Iêmen (186º) – 0,424
Burundi (187º) – 0,420
Mali (188º) – 0,410
Chade (189º) – 0,394
Níger (190º) – 0,394
República Centro-Africana (191º) – 0,387
Sudão do Sul (192º) – 0,381
Somália (193º) – 0,380.

recentes