A senhora Elizete que passou mal após dois dos seus cães serem portos por enforcamento e pauladas.

Tomando como base as últimas publicações do site Caboronga Notícias e de Cristina Villarino, o vereador Laelson Neves (02) na sessão da Câmara de Vereadores desta terça-feira (02), em pronunciamento da tribuna da Câmara, solicitou ao presidente da casa, vereador Divanilson Mascarenhas (PMDB), que convoque uma Sessão Especial para discutir com autoridades e a comunidade, a grande incidência de cães e gatos abandonados nas vias públicas da cidade e principalmente no Centro de Abastecimento.

Segundo o parlamentar, populares estão matando cães e gatos envenenados ou por outros tipos de agressão. “Os animais são seres vivos e merecem cuidado e atenção como o ser humano. Não é justo que a gente assista esses absurdos sem que nenhuma providência seja tomada. Vamos tentar de todas as formas encontrar soluções para proteger estes animais, por parte de ONGs ou até quem sabe, seja criado pelo poder público municipal om canil com pessoas especializadas para cuidar destes animais e assim controlar a reprodução destes animais”.

Cristina Vilarino que é  voluntária ativista na causa animal postou nas redes sociais a seguinte nota:
Agradeço aos amigos (Vinha, Vólia, Jaime, Eletroforte Móveis e Eletros, Moisés Veterinário) que de alguma forma ajudaram a salvar esse anjo de 4 patas que por pouco não foi morto, depois que sua dona foi hospitalizada. A lei prevê detenção de três meses a um ano além de multa para quem “praticar ato de abuso, maus tratos, ferir ou mutilar qualquer tipo de animal. Se houver morte do bichinho a pena aumenta até um terço. Estamos de olho viu?
Estamos acompanhando o drama da senhora Elizete que passou mal após quatro dos seus cães serem mortos por enforcamento e pauladas. Esta senhora está vivendo um drama que é um verdadeiro caso de saúde pública.

A Secretaria de Assistência Social tomou conhecimento do drama da senhora Elizete, através do Caboronga Notícias e na tarde desta terça-feira (02), a secretária Denise Freitas, acompanhada de uma equipe e de Cristina Villarino esteve na casa da idosa, removeram a ela das condições insalubres e estão buscando uma solução definitiva para a senhora Elizete.

O site Caboronga Notícias está acompanhado a situação de dona Elizete desde de 2016, depois da denúncia feita pela vizinhança, que na época buscou apoio na Secretaria de Assistência Social, Agentes de Saúde, poder público e nada foi feito.

Caboronga Notícias