A Câmara de Vereadores de Baixa Grande votou nesta quinta-feira (12) o Projeto de Lei 019/2019 que  autoriza o chefe do Poder  Executivo Municipal fazer operação de crédito junto ao Banco do Brasil no valor de R$ 800.000,00 (Oitocentos Mil Reais).

O valor seria destinado para a compra de um veículos para transportes de paciente com até 16 lugares, cama para parto, berço aquecido para recém-nascido, instrumentos cirúrgicos, e materiais de iluminação pública.

O vereador Werlisson Silva solicitou dos colegas a reprovação do referido Projeto, que segundo ele, iria endividar o município. Do outro lado, a vereadora Nadja Nara pedia apoio dos colegas para aprovação do Projeto. Boa parte do valor seria destinado a compra de equipamento para o funcionamento do tão sonhado Centro Cirúrgico de Baixa Grande.

Após a discussão o presidente da Câmara colou em votação o Projeto de Lei e teve 7 votos favoráveis e 4 contra. Para ser aprovado, o Projeto necessitava de 8 votos a favor. Sendo assim  foi reprovado.

Votaram a Favor:

Alaelson Bastos Oliveira (PSDB), Aloisio Souza Queiroz (MDB), Amós de Souza Borges Junior (PV), Aurenival Tavares de Matos (PP), Elenildo Gonçalves de Santana (PSDB), Humberto Suzart de Almeida (PSB) e Nadja Nara Magalhães Miranda de Melo (MDB).

Votaram contra o projeto:

Almiro Oliveira Rios (PT), Helio Gonçalves de Araújo Júnior (PSC), Reinaldo Brito de Carvalho (PP) e Werlisson Oliveira Silva (PSD).

As informações são do Bacia do Jacuípe