Vinte e um corredores morrem em maratona de montanha na China

Vinte e uma pessoas morreram depois de que o granizo, a chuva gelada e os fortes ventos surpreenderam os corredores que participavam de uma corrida de montanha cross country de 100 km na China.

Citando o centro local de resgate, a agência de imprensa oficial Xinhua — que informou que 172 pessoas participavam da corrida — e o canal de televisão CCTV confirmaram a morte de 21 pessoas. Os outros 151 participantes estão a salvo.

A tragédia ocorreu quando os corredores estavam em grande altitude, na Floresta de Pedra do rio Amarelo, perto da cidade de Baiyin, na província de Gansu (noroeste).

O prefeito de Baiyin, Zhang Xuchen, disse que no sábado ao meio-dia, uma parte acidentada do percurso, entre os quilômetros 20 e 31, foi “repentinamente atingida por condições meteorológicas catastróficas”.

“Em pouco tempo, granizo e uma chava gelada caíram repentinamente sobre esta área, e houve fortes ventos. A temperatura baixou drasticamente”, disse Zhang.

Entre as vítimas estão dois veteranos nacionais da maratona, Liang Jing e Huang Guanjun, segundo a imprensa local.

Fonte AFP