Os amantes de cavalgadas, vaquejadas e festas do gênero lotaram a Praça do Povoado de Coração de Maria no fim de tarde e noite dessa segunda-feira, 1º de maio, para festejarem mais uma edição da tradicional cavalgada da localidade.

Durante todo o dia os participantes da XV Cavalgada de Coração de Maria festejaram mais uma edição do evento com encontros na fazenda Tanque da Pedra e fazenda Oliveira até seguirem para o povoado onde curtiram os shows de Paraíba do Acordeom e Banda Sela Vaqueira, além de participarem da celebração promovida pela Igreja Católica de Ipirá para a bênção dos cavaleiros e amazonas presentes. A celebração teve a responsabilidade do ‘Grupo Terço dos Homens’. Após o momento de muita oração e reflexão, os grupos de cavaleiros foram premiados em cerimônia que contou com a participação das autoridades do município.

A noite de festa começou por volta das 20:00h com o show espetacular da Banda de Paraíba do Acordeom com uma mistura envolvente de ritmos que levou o público a dançar muito, e em seguida, a Banda Sela Vaqueira manteve o clima de muita alegria e fez os amantes das cavalgadas a cantarem juntos com o cantor Marinho grandes sucessos da banda que é uma das grandes atrações do segmento e é reconhecida em toda região.

Com foco no respeito e na valorização das manifestações culturais do povo sertanejo, a cavalgada contou com todo o apoio do prefeito Marcelo Brandão, do vice-prefeito Zé Ricardo, do poder legislativo municipal, da rádio Ipirá FM e comerciantes de Ipirá.

As autoridades presentes no evento foram recepcionadas pelo vice-prefeito Dr. Zé Ricardo, pelo vereador Laelson Neves, pelos secretários do município e representantes dos demais organizadores. Estiveram prestigiando o evento, o prefeito de Feira de Santana José Ronaldo, o prefeito de Serra Preta Aldinho e muitas outras autoridades dos municípios vizinhos.

A XV Cavalgada de Coração de Maria foi promovida pela Prefeitura de Ipirá com organização do Grupo Eldorado, Associação Comunitária de Coração de Maria, vereador Laelson Neves e demais vereadores de Ipirá.

Por Marcone Macêdo