terça-feira, junho 25, 2024

Após aliança com pré-candidatura de Bruno Reis, Roma não descarta apoio do União Brasil a seu nome em 2026

O presidente do PL Bahia, João Roma, disse que o apoio dele à reeleição de Bruno Reis (União Brasil) a prefeito de Salvador não é entrave à sua candidatura a governador em 2026, mas um gesto que pode resultar na possibilidade de PL e União Brasil estarem juntos também em torno de seu nome daqui a dois anos no pleito estadual.

“Esse apoio demonstra uma sinalização para que tenhamos um palanque ampliado daqui a dois anos e assim, juntos, mostremos a ineficácia desse governo do PT que não tem melhorado a vida da população”, disse Roma, em entrevista ao programa Frequência Política, da Rádio Interativa FM, de Itabuna, neste sábado (18).

Ainda ao falar sobre o apoio ao prefeito da capital baiana, Roma destacou: “conseguimos encontrar consenso com propostas muito efetivas”.

Roma ainda acrescentou que o PL terá neste ano 23 candidaturas próprias a prefeito em importantes cidades baianas, a exemplo de Ilhéus, Itabuna, Teixeira de Freitas e Juazeiro. Neste sábado, o político esteve em Itabuna para o lançamento da pré-candidatura a prefeito do engenheiro Chico França.

Na entrevista, o ex-ministro da Cidadania informou que agenda uma visita do presidente Jair Bolsonaro ao sul da Bahia. O problema, segundo ele, é a questão logística. “O nosso presidente Bolsonaro não está utilizando aviões particulares, então será avaliada a possibilidade de o ex-mandatário pegar um voo para Ilhéus e cumprir agenda também em Itabuna”.

Fonte: Bahia Notícias

recentes