sábado, junho 22, 2024

Bahia perde de virada para o Santos em casa

O Santos sofreu, mas arrancou uma vitória muito importante na segunda-feira, 18/9. Atuando na Arena Fonte Nova, em Salvador, o Peixe venceu o Bahia por 2 a 1, de virada, em confronto direto da 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Camilo colocou os mandantes na frente, enquanto Marcos Leonardo e Furch, este já nos acréscimos do segundo tempo, fizeram para os paulistas.

Com o resultado, o Alvinegro Praiano segue na 17ª colocação, agora com 24 pontos, um a menos que o Goiás, primeiro time fora da zona do rebaixamento e que ainda joga na rodada, contra o Flamengo, em casa. Já o Tricolor está em 15º, com 25.

Esse, aliás, foi o primeiro compromisso do clube paulista após a demissão de Diego Aguirre, que ficou no comando por apenas cinco jogos (uma vitória e quatro derrotas). O responsável por dirigir a equipe foi o interino Marcelo Fernandes.

O Santos volta a campo agora apenas no dia 1º de outubro, quando recebe o Vasco, pela 25ª rodada do Brasileirão. O embate está marcado para as 16h (de Brasília). O Bahia, por sua vez, encara o Flamengo no próximo dia 30, fora de casa, às 16h.

O jogo

Os visitantes tentaram partir para cima logo de cara. Com menos de um minuto, Marcos Leonardo recebeu bom passe em profundidade e finalizou no pé da trave. O atacante, no entanto, estava em posição de impedimento.

Logo na sequência, o camisa 9 deu um belo passe para Jean Lucas, que partiu em liberdade para a área. O meia, então, tentou devolver para o companheiro, mas a defesa interceptou. No rebote, Soteldo bateu e viu a bola desviar na zaga antes de se perder pela linha de fundo.

Na cobrança de escanteio, Marcos Leonardo apareceu sozinho na pequena área e, no susto, finalizou de coxa. Atento, Marcos Felipe operou um milagre para evitar o tento. No lance seguinte, em novo tiro de canto, o centroavante parou na trave.

O Bahia, por sua vez, assustou pela primeira vez aos 17 minutos. Camilo aproveitou a sobra na entrada da área e soltou uma bomba para a intervenção de João Paulo. Aos 34, o goleiro santista brilhou para evitar que o chute de Yago Felipe entrasse no ângulo.

Cinco minutos depois, Kevyson errou na saída e viu Everaldo entrar livre na área. O atacante tentou o chute, porém foi travado na hora certa por João Basso.

Nos acréscimos, o Santos teve uma ótima chance para abrir o placar. Lucas Lima puxou contra-ataque pelo meio e entregou para Soteldo, que cortou a marcação e devolveu para o companheiro. Dentro da pequena área, o meia arrematou rasteiro e parou em Marcos Felipe. No rebote, a rasga afastou.

Segunda etapa

Na volta do intervalo, os mandantes tentaram se impor. A equipe do técnico Rogério Ceni dominou a posse de bola, mas encontrou dificuldades para achar espaços na marcação alvinegra.

Do outro lado, o Peixe apostou na velocidade. Com nove minutos, Kevyson desceu até a linha de fundo e cruzou fechado. A bola tomou o caminho do gol e Marcos Felipe deu um tapinha para evitar que ela entrasse.

Já aos 14, a rede enfim balançou na Fonte Nova. Camilo apareceu com liberdade na ponta esquerda e emendou uma bomba para marcar um golaço e colocar o Tricolor na frente.

O Santos reagiu aos 27. Em cobrança de falta ensaiada, Soteldo levantou na ponta da área, Joaquim cabeceou para o meio e Marcos Leonardo completou para o fundo da rede.

A partir de então, o Bahia partiu para cima em busca da vitória. O clube apostou, principalmente, na bola aérea, porém não foi efetivo.

O Peixe, por sua vez, tentou apostar nos contra-ataques e foi assim que começou a jogada da virada. Caiçara disparou pela direita e arranjou um escanteio para os paulistas. Na cobrança, Joaquim desviou para o meio da área e Julio Furch, que havia acabado de entrar, mandou para o fundo do gol, já aos 47 minutos.

No fim, o Bahia pressionou em busca do empate, porém não foi suficiente.

Ficha Técnica

Bahia 1 x 2 Santos

Local: Arena Fonte Nova, em Salvador (BA)

Data: 18 de setembro de 2023, segunda-feira

Horário: às 20h (de Brasília)

Árbitro: Ramon Abatti Abel (Fifa-SC)

Assistentes: Alex dos Santos (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

VAR: Carlos Eduardo Nunes Braga (RJ)

Cartões amarelos: Joaquim (Santos)

GOLS: Camilo, aos 14 do 2ºT (Bahia); Marcos Leonardo, aos 27 do 2ºT, e  Furch, aos 47 do 2ºT (Santos)

Bahia: Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Victor Hugo e Camilo Cándido; Acevedo, Yago Felipe (Lucas Mugni) e Thaciano; Ademir (Juba), Rafael Ratão (Biel) e Everaldo (Vinicius Mingotti). Técnico: Rogério Ceni

Santos: João Paulo; Joaquim, João Basso e Dodô; Lucas Braga, Rincón, Jean Lucas, Lucas Lima (Nonato) e Kevyson (Júnior Caiçara); Soteldo (Dodi) e Marcos Leonardo (Furch). Técnico: Marcelo Fernandes (interino).

Bahia On – Foto: Felipe Oliveira / E.C. Bahia

recentes