domingo, junho 16, 2024

De virada Bahia vence o Coritiba na estreia de Ceni

O Bahia, que estreou Rogério Ceni como técnico, levou a melhor na casa do Coritiba e venceu por 4 a 2 em jogo disputado na noite desta quinta-feira, 14/9. Com a goleada, o Esquadrão sobe uma posição na classificação e ocupa o 15º lugar, agora com 25 pontos, abrindo quatro de vantagem para o Z-4, já que o Santos perdeu em casa.

O próximo jogo será justamente contra o Santos, em casa, um adversário direto, na Fonte Nova, na segunda-feira, 18.

A partida

No segundo minuto de jogo, o time paranaense abriu o placar depois de um cruzamento que partiu do lado direito. Gómez dominou a bola no meio da grande área e finalizou para balançar as redes.

Sem sentir o golpe inicial, o Tricolor foi ao ataque e quase empatou pouco tempo depois, quando Everaldo aproveitou o que seria a primeira saída errada do goleiro Luan Polli no jogo. No entanto, na pequena área ele teve a chance de marcar o gol, mas parou no lateral Jamerson – que cortou em cima da linha.

Aos 9 minutos, no segundo lance consecutivo iniciado pela ponta esquerda, a bola foi cruzada para a área. Raul Gustavo, de carrinho, finalizou na trave. E no rebote, Ratão foi mais rápido do que a zaga alviverde e chutou para o gol sem goleiro.

Com um gol de cada no início, houve também novas chegadas perigosas por parte de ambas as equipes. Thaciano, pelo lado tricolor, e Robson, para o Coxa, chutaram com perigo por cima do travessão.

Já aos 29 minutos, o Bahia aproveitou mais uma falha grotesca da defesa adversária para virar o placar! Após cruzamento na área, goleiro e lateral-esquerdo se esbarraram a bola sobrou livre, sem ninguém à frente, dessa vez para Thaciano só empurrar para as redes.

O terceiro gol não demorou a acontecer. Thaciano recebeu lançamento e deu passe para Cándido. O uruguaio chutou rasteiro e o goleiro Luan Polli espalmou para o lado, onde estava Ademir. O camisa 7, então, pegou o rebote e fez o gol.

Após abrir dois gols de desvantagem, o Esquadrão recuou e quase levou um gol antes do intervalo. Slimani parou em boa defesa do goleiro Marcos Felipe.

Segunda etapa

Na volta para o segundo tempo, o Bahia já adotava uma postura mais conservadora, focando na manutenção da posse de bola e para evitar investidas do adversário.

O Coritiba, com a obrigação de se lançar ao ataque, tentava esboçar uma reação na partida, mas parava na defesa tricolor e pouco dava trabalho ao goleiro Marcos Felipe.

E quem mais um gol foi o Bahia. Aproveitando mais um erro do goleiro Luan, dessa vez Biel, que nada tem a ver com isso, chutou para o gol vazio e fez o quarto do Esquadrão.

No fim do jogo, Andrey, dentro da grande área tricolor, ainda descontou para o time da casa, mas não passou disso.

Bahia On

recentes