quarta-feira, julho 17, 2024

Dois municípios baianos estão entre os dez do país em produção de soja

Um levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) colocou dois municípios baianos – ambos no oeste do estado – entre os dez maiores do país na produção de soja.

De acordo com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a safra 2022/23 terá 43,3 milhões de hectares plantados com a oleaginosa, um crescimento de 4,4% frente à temporada anterior.

A respeito da produção, a entidade estima 151,4 milhões de toneladas, aumento de 20,6% ante o ciclo 2021/22 que, por sua vez, foi marcado por quebras no Rio Grande do Sul, Paraná e Mato Grosso do Sul devido à estiagem, conforme o Canal Rural.

Segundo o IBGE, Formosa do Rio Preto, distante 1.026 km de Salvador, aparece na segunda colocação do ranking, com uma produção de 1,85 milhões de toneladas de soja. Logo na terceira colocação, vem São Desidério – distante 878 km da capital baiana -, com uma produção de 1,65 milhões de toneladas.

As duas cidades do estado, aliás, são forasteiras se considerando que, entre as dez primeiras, os demais oito municípios estão localizados em Mato Grosso (7) e Goiás (1). O líder no ranking é a cidade de Sorriso, no Mato Grosso, com produção de 2,01 milhões de toneladas.

Os dados do IBGE, referentes à safra 2021/22, mostram que 2.468 municípios brasileiros cultivam soja, aumento de 3,3% ante os 2.387 que produziam o grão na temporada 2020/21.

Com informações e foto da Agência Brasil

recentes