sábado, maio 25, 2024

Dorival Júnior convoca seleção brasileira com Evanilson, Alisson e Guilherme Arana

Dorival Júnior anunciou a lista de convocados da seleção brasileira, nesta sexta-feira, com um estreante e algumas surpresas. O técnico chamou o atacante Evanilson, do Porto, e deu chances ao goleiro Alisson, do Liverpool, e ao lateral-esquerdo Guilherme Arana, do Atlético-MG. Por outro lado, não incluiu o volante Casemiro e o atacante Richarlison.

Os 23 jogadores foram chamados para defender a seleção em dois amistosos e também na Copa América, a ser disputada nos Estados Unidos entre junho e julho. Antes do anúncio da lista, porém, o diretor de seleções masculinas Rodrigo Caetano deixou em aberto a possibilidade de mudanças na relação até o início da competição continental.

A entrevista coletiva desta sexta foi precedida de palavras de solidariedade às vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul. O presidente Ednaldo Rodrigues chamou um minuto de silêncio. Rodrigo Caetano e Dorival lamentaram a tragédia. Bandeiras do estado gaúcho foram exibidas na mesa do treinador e também no telão, no lugar dos patrocinadores.

Em sua segunda convocação à frente da seleção, Dorival surpreendeu ao chamar Evanilson, do Porto, para compor um ataque liderado por jogadores do Real Madrid, como Vinícius Júnior, Rodrygo e Endrick, que já será atleta do time espanhol à época da Copa América. O trio deve ser referência no setor ofensivo na ausência de Neymar, que não disputará a Copa América porque ainda se recupera de grave lesão no joelho esquerdo.

Havia a expectativa de que Richarlison, em bom momento no Tottenham, fosse chamado novamente, como aconteceu na primeira lista de Dorival, em março. Mas o experiente jogador perdeu espaço, assim como Casemiro, em baixa junto com o Manchester United na temporada europeia.

Se surpreendeu em sua primeira lista, com cinco estreantes, desta vez Dorival foi mais cauteloso e manteve a base construída em março. As novidades ficaram por conta de Alisson e Arana, que não defendia a seleção desde a época de Tite. Em comparação a sua primeira lista, o treinador também deixou fora o lateral Ayrton Lucas e o volante Pablo Maia. Tampouco chamou o lateral Rodnei, atualmente no Olympiacos, apesar dos rumores dos últimos dias.

Entre os jogadores que atuam no futebol nacional, a lista conta com três jogadores: Bento, do Athletico-PR, Endrick, do Palmeiras, e o próprio Arana, do Atlético-MG. No caso do atacante palmeirense, ele não será problema para o time paulista porque o Brasileirão deve parar na Data Fifa dos amistosos. Na sequência, ele deve se apresentar ao Real. Assim, a convocação de Dorival atrapalhará apenas dois times brasileiros (Athletico-PR e Atlético-MG) ao longo da Copa América, quando o calendário nacional não será interrompido.

Os jogadores convocados nesta sexta vão se apresentar à seleção a partir do dia 30 de maio, visando inicialmente os amistosos com o México, no dia 8 de junho, e com os Estados Unidos, no dia 12. Ambos os jogos serão disputados em solo americano. O primeiro será no Kyle Field, no Texas, enquanto o segundo está marcado para o Camping World Stadium, em Orlando, cidade que será a base brasileira neste período.

As duas partidas farão parte da preparação do time de Dorival para a Copa América, maior objetivo da seleção neste ano e primeiro torneio oficial do treinador no comando da equipe. A competição será disputada entre 20 de junho e 14 de julho. O Brasil estreará no dia 24, contra a Costa Rica, em Los Angeles.

Anunciado em janeiro pela CBF, Dorival iniciou sua trajetória na seleção com uma vitória sobre a Inglaterra por 1 a 0, no estádio de Wembley, em Londres. E um empate por 3 a 3 com a Espanha, no Santiago Bernabéu, em Madri. Ambos os amistosos foram realizados no mês de março.

Confira a lista de jogadores convocados por Dorival Júnior:

Goleiros – Alisson (Liverpool), Bento (Athletico-PR) e Ederson (Manchester City);

Laterais – Danilo (Juventus), Yan Couto (Girona), Guilherme Arana (Atlético-MG) e Wendell (Porto);

Zagueiros – Beraldo (PSG), Éder Militão (Real Madrid), Gabriel Magalhães (Arsenal) e Marquinhos (PSG);

Meio-campistas – Andreas Pereira (Fulham), Bruno Guimarães (Newcastle), Douglas Luiz (Aston Villa), João Gomes (Wolverhampton) e Lucas Paquetá (West Ham);

Atacantes – Endrick (Palmeiras), Evanilson (Porto), Gabriel Martinelli (Arsenal), Raphinha (Barcelona), Rodrygo (Real Madrid), Savinho (Girona) e Vinícius Júnior (Real Madrid).

Estadão Conteúdo

recentes