domingo, maio 19, 2024

Eleitores que “perdoam” Zé Ronaldo por eleger Colbert são preocupação de cúpula petista em Feira de Santana

A arrumação das chapas e as estratégias para as eleições municipais em Feira de Santana têm colocado algumas “pulgas atrás das orelhas” das candidaturas. Pelo lado oposicionista, o deputado federal Zé Neto (PT) irá tentar novamente concorrer a cadeira, porém, o grupo petista na cidade tem se preocupado com alguns indicativos de pesquisas internas.

Mesmo com avaliação da gestão sendo negativa, os eleitores que clicaram na urna em 2020 para eleger Colbert tem indicado que irão apostar em Zé Ronaldo no pleito de 2024. O PT da Bahia, juntamente com lideranças do partido em Feira de Santana, tem rodado pesquisas mensais sobre o cenário local. E este dado em específico tem sido alvo de preocupação da cúpula do petista na cidade.

O percentual “cristalizado” destes eleitores seria o principal ponto de cautela pelo grupo que tem Zé Neto (PT) como nome para as eleições. Apesar do indicativo, os números dos últimos levantamentos estariam animando o grupo, onde um “empate técnico” estaria estabelecido. A entrada do governador Jerônimo Rodrigues (PT), dos principais caciques e lideranças do grupo no período de campanha também seriam um “trunfo” na disputa.

O embate das “rejeições” também sido analisado, já que Zé Neto é o candidato que possui maior índice de rejeição pelo eleitorado feirense. Em levantamento recente, publicado pelo Bahia Notícias, os eleitores quando questionados em quem não votariam de jeito nenhum em Feira de Santana, 36,43% dos eleitores entrevistados citam o nome do deputado federal. Em seguida, o ex-prefeito Zé Ronaldo é lembrado por 25,61% e o deputado estadual Pablo Roberto (PSDB) aparece com 16,43% de rejeição. Já o vereador da cidade Jhonatas Monteiro (PSOL) soma 8,92%.

Por Mauricio Leiro

recentes