sábado, maio 25, 2024

MEC discute práticas pedagógicas no ensino de matemática

No dia 21 de maio, o Ministério da Educação (MEC), em parceria com o conselho gestor da Olimpíada Brasileira de Professores de Matemática do Ensino Médio (OPMbr), vai realizar o Seminário de Práticas Exitosas no Ensino de Matemática. O objetivo é promover o diálogo sobre as habilidades docentes para o ensino de matemática na educação básica.

Coordenado pela Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC, o seminário ocorrerá no auditório do Edifício-Sede do Ministério da Educação, em Brasília (DF). Na ocasião, haverá a entrega da medalha de ouro para os dez vencedores da olimpíada.

O evento terá três mesas de debate, que proporcionarão o ensino e a troca de experiências sobre as habilidades e boas práticas docentes no ensino da matemática. Lideranças educacionais, professores, coordenadores pedagógicos e gestores escolares de todas as regiões do Brasil formarão o diálogo.

Para a secretária-executiva do MEC, professora Izolda Cela, é importante destacar os desafios do ensino e da aprendizagem da matemática no País, bem como reconhecer as boas ações desenvolvidas pelos educadores. “O ensino e a aprendizagem da matemática têm se apresentado como um dos desafios da educação. Essa é uma oportunidade para difundirmos as boas práticas do ensino de matemática em âmbito nacional e reconhecermos os professores que possuem o compromisso com o ensino e a aprendizagem de seus alunos”, disse.

O PMbr – A Olimpíada Brasileira de Professores de Matemática do Ensino Médio contou com o apoio do MEC e do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). A competição teve como objetivos: estimular o ensino da matemática no Brasil; identificar e propagar boas práticas no ensino da disciplina; identificar talentos entre os professores e incentivar o ingresso em áreas científicas e tecnológicas; entre outros.

Dos 67 finalistas, 10 professores serão premiados com medalha de ouro e ganharão uma viagem para conhecer o sistema educacional da China, país classificado entre os melhores em matemática no ranking do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). Além dos medalhistas de ouro, 9 professores ganharam medalha de prata, enquanto 48 receberam a de bronze. Entre os medalhistas, 38 são vinculados à rede estadual; 14 são de escolas particulares; 11, da rede federal; e 4, da municipal.

O diretor de Formação e Valorização dos Profissionais da Educação do MEC, Lourival Martins Filho, destacou a necessidade de valorização e da troca de experiência dos saberes pedagógicos entre os docentes. “O reconhecimento e a socialização dos saberes da docência dos professores de matemática de ensino médio do Brasil irão enfatizar a importância do trabalho colaborativo, o conhecimento do conteúdo e, sobretudo, o protagonismo dos profissionais da educação básica”, afirmou.

Assessoria de Comunicação Social do MEC, com informações da SEB e da Secretaria-Executiva / Foto: Reprodução

recentes