sexta-feira, fevereiro 23, 2024

Empresário suspeito de atear fogo em homem em situação de rua é preso

Um empresário de Ilhéus (BA) foi preso suspeito de atear fogo em um homem em situação de rua, que morreu dias depois. A Polícia Civil cumpriu mandado de prisão preventiva.

O empresário foi preso por suspeita de homicídio qualificado na manhã da última quarta-feira (31), em Ilhéus, por equipes do Núcleo de Homicídios da 7ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior.

A vítima, Rodrigo Souza Santana, 44, estava dentro de um galpão desativado quando, de acordo com a polícia, o suspeito teria chegado de carro com um galão com material inflamável, segundo a TV Santa Cruz.

Imagens captadas por câmeras de segurança mostram Rodrigo com o corpo em chamas. O crime ocorreu em 25 de janeiro, por volta das 6h da manhã.

Socorrido em um hospital de Ilhéus, Rodrigo foi transferido para Salvador em UTI aérea, mas não resistiu às sequelas das queimaduras e morreu no início de fevereiro.

Segundo o delegado Helder Carvalhal, o homem em situação de rua havia furtado uma peça do caminhão do estabelecimento comercial do empresário suspeito.

A reportagem solicitou ao Tribunal de Justiça da Bahia e à Polícia Civil informações como o nome completo do empresário e se ele tem defesa constituída. A PC informou que não pode divulgar nomes. O TJ-BA não retornou o contato. O espaço será atualizado se houver resposta.

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS)

recentes