quinta-feira, abril 25, 2024

Galvão Bueno critica Vitor Pereira após vexame do Fla: ‘Não tem bom caráter’

Galvão Bueno não aliviou nas críticas após a derrota do Flamengo na semifinal do Mundial de Clubes para o Al-Hilal. O time carioca foi derrotada por 3 a 2 e deu adeus as chances do bicampeonato. Em postagem nas redes sociais, o narrador citou a maneira como o Flamengo mudou o comando técnico no final do ano passado. Dorival Júnior não teve o contrato renovado mesmo após os títulos da Libertadores e da Copa do Brasil.

A diretoria rubro-negra foi atrás de Vitor Pereira, que alegou que não estenderia o vínculo com o Corinthians porque um problema de saúde da sogra o faria voltar para Portugal para ficar perto da família.

“O Flamengo tem um técnico que conquista títulos, que é o Dorival, ganha títulos importantes, inclusive uma Libertadores que leva ao Mundial. Aí vem a diretoria e tira na calada da noite, faz uma covardia com o Dorival para colocar um técnico português, que além de não ser bom não tem bom caráter”, afirmou. “Porque fez uma molecagem com o Corinthians, foi traíra com o Corinthians. E perde para o Al-Hilal, aquele mesmo que tinha vencido em 2019. Eu estava lá”, completou.

Galvão ainda criticou as alterações. Após a expulsão de Gerson no final do primeiro tempo, Vitor Pereira tirou Arrascaeta no intervalo para reforçar a recomposição: Com um jogador a menos, precisando ganhar, e tira o craque do time, o Arrascaeta. Ah, estava mal fisicamente, ainda voltando, mas não pode jogar mais 20 minutos? Aí toma o terceiro gol e tira o Everton Ribeiro, ou seja, os dois homens da criação. Tem duas palavras, uma é incompetência a outra é burrice, vocês escolhem.”

“Foi triste, e a culpa não é só dele, não. É do Landim, do Braz, é de quem passou a perna no Dorival e colocou esse técnico. Fazer o quê? Boa sorte para o Al-Hilal e o Real Madrid”, finalizou.

Redação Terra

recentes