quinta-feira, maio 30, 2024

Juro do rotativo do cartão de crédito ultrapassa 445 % ao ano

O juro médio total cobrado pelos bancos no rotativo do cartão de crédito subiu 8,7 pontos percentuais do mês de junho para julho, segundo informou o Banco do Brasil, na segunda-feira, 28/9. Na cobrança anual, a taxa passou de 437,0% para 445,7%. Algumas bandeiras cobram juros de até 17% ao mês, maior que a Selic que é de 13,25% ao ano.

Esta modalidade de crédito é o assunto do momento nas áreas de economia e política, porque o Brasil tem uma das taxas mais caras do mercado. Há até um grupo de trabalho entre o Ministério da Fazenda, o Banco Central e os bancos do país.

O presidente do BC, Roberto Campos Neto, afirmou recentemente que a solução pode ser o fim do crédito rotativo, e a dívida do cartão seria automaticamente transferida para o parcelado com juros. Há cerca de cinco anos, os bancos são obrigados a transferir, após um mês, a dívida do cartão de crédito para o parcelado a juros mais baixos.

No caso do parcelado, o juro passou de 196,1% para 198,4% ao ano entre junho e julho. Se considerar o juro total do cartão de crédito, que aglutina as operações do rotativo e do parcelado, a taxa passou de 104,2% para 102,7%.

Bahia On

recentes