sábado, março 2, 2024

Mulher é presa em flagrante por injúria racial na Barra, em Salvador

Uma mulher, acusada de chamar outra mulher de ‘macaca’, foi presa em flagrante na noite de segunda-feira (12), no circuito da Barra, em Salvador, por policiais da Coordenação Especializada de Repressão aos Crimes de Intolerância e Discriminação (Coercid) durante plantão no Serviço Especializado de Respeito a Grupos Vulnerabilizados e Vítimas de Intolerância e Racismo (Servvir), localizado no Shopping Barra.

Conforme informações, os policiais foram procurados pela vítima que relatou que estava próximo um hotel, quando a mulher desferiu palavras de cunho racista e também ofendendo a dignidade. Durante a diligência, a acusada foi identificada encaminhada para a unidade policial junto com as testemunhas.

Ele foi autuada em flagrante por injúria racial e segue custodiada à disposição do Poder Judiciário. Localizados no estacionamento do Shopping Barra, na Ladeira da Montanha, no Passeio Público e na Avenida Milton Santos, em Ondina, os postos do SERVVIR estarão disponíveis para atender vítimas de crimes de racismo, intolerância religiosa, LGBTfobia e pessoas com deficiência, durante o Carnaval.

Acorda Cidade – Foto: Haeckel Dias/Ascom-PC

recentes