sexta-feira, abril 12, 2024

Sobe para 23 o número de mortes por dengue na Bahia, 285 com epidemia da doença

O número de mortes causadas pela dengue na Bahia chegou a 23, de acordo com dados confirmados, neste sábado (30), pela Secretaria de Saúde do Estado (Sesab). O novo caso foi registrado em Carinhanha, na região sudoeste.

De acordo com a Diretoria de Vigilância Epidemiológica (Divep) da Sesab, 285 municípios estão em estado de epidemia (68% das cidades), entre eles a capital Salvador. Outras 45 cidades estão em risco e 12 em estado de alerta.

A Bahia contabiliza 92.903 casos prováveis de dengue, sendo que a macrorregião de saúde Sudoeste concentra 37.892 casos.

Guanambi é a 15ª cidade com maior número de casos da doença, com 932 notificações.

As mortes pela doença no estado foram registradas em 13 municípios.

Confira as cidades onde ocorreram as mortes:

Jacaraci, no sudoeste da Bahia (4)
Piripá, no sudoeste da Bahia (3)
Vitória da Conquista, no sudoeste da Bahia (5)
Santo Antônio de Jesus, no recôncavo baiano (2)
Barra do Choça, no sudoeste da Bahia (1)
Feira de Santana, a 100 km de Salvador (1)
Ibiassucê, no sudoeste da Bahia (1)
Irecê, no norte da Bahia (1)
Santo Estevão, a 150 km de Salvador (1)
Campo Formoso, no norte da Bahia (1)
Caetité, no sudoeste (1)
Juazeiro, no norte do estado (1)
Carinhanha, no sudoeste (1)

Esforços municipais

Os municípios baianos têm reforçado ações para atender o aumento de casos e, consequentemente, a pressão nos sistemas de saúde.

Na capital baiana, por exemplo, a Secretaria Municipal de Saúde se uniu ao Exército para combater o Aedes aegypti, agente transmissor também da zika e chikungunya.

O objetivo é capacitar soldados para criar “multiplicadores” de ações e informações de combate ao mosquito. Na prática, a força militar vai se juntar aos agentes de endemias do Centro de Controle de Zoonoses, repassando orientações preventivas para a população dentro e fora dos quarteis.

A diretora de Vigilância à Saúde da cidade, Andrea Salvador, destacou ainda o uso de “bombas costais” de efeito residual.

“Nós as utilizamos principalmente em escolas, postos de saúde, onde esse efeito residual, através dessas bombas, é colocar o inseticida nas paredes. Essas paredes ficam impregnadas e repelem o mosquito”, explica.

Em meio às ações do poder público, a diretora cobrou que a população também colabore, prevenindo a proliferação do mosquito.

Já em Juazeiro, no norte do estado, a prefeitura relatou que atendeu mais de 250 denúncias de possíveis focos do Aedes aegypti através do canal “Dengue Zap”. A gestão criou a ferramenta para auxiliar na identificação e combate aos focos de reprodução do mosquito.

“Estamos com os agentes em campo, nos turnos matutino e vespertino e nos fins de semana em áreas que consideramos de risco ou com índice de infestação preocupante”, afirmou o agente de endemias Diego Alves.

Ele reforçou o pedido da prefeitura para que a população receba os agentes em casa, e permita que o trabalho de prevenção e combate à proliferação do Aedes aegypti seja feito.

Ações do estado

Em todo o estado, o governo da Bahia também intensificou ações de sensibilização e mobilização para prevenir as três doenças transmitidas pelo mosquito.

Além disso, foram adquiridos novos carros de fumacê e aproximadamente 12 mil kits foram distribuídos para os agentes de Combate às Endemias. Conforme a Secretaria de Saúde do Estado (Sesab), a pasta tem prestado apoio para intensificação dos mutirões de limpeza, com o auxílio das forças de segurança e emergência, e aquisição de medicamentos e insumos.

Prédios e outras estruturas públicas estaduais foram vistoriadas e as áreas foram limpas, visando a eliminação de possíveis criadouros. Funcionários também foram instruídos a colaborar com a campanha.

O Corpo de Bombeiros, em parceria com a Sesab, também realizou ações de combate específicas nas cidades de Caculé e Barra do Choça.

“O combate e a prevenção às arboviroses é um trabalho conjunto, que envolve estado, município e também a população. Precisamos desse esforço conjunto, de cada um fazendo a sua parte, para contermos o avanço do Aedes aegypti em toda a Bahia”, pontuou a titular da pasta, secretária Roberta Santana.

Lista de cidades em epidemia:

Abaré
Adustina
Água Fria
Aiquara
Alagoinhas
Alcobaça
Amargosa
Amélia Rodrigues
América Dourada
Anagé
Andaraí
Andorinha
Angical
Antas
Antônio Cardoso
Antônio Gonçalves
Aporá
Aracatu
Araci
Baianópolis
Barra
Barra do Choça
Barra do Mendes
Barra do Rocha
Barreiras
Barro Alto
Barro Preto
Barrocas
Belmonte
Belo Campo
Biritinga
Boa Nova
Bom Jesus da Lapa
Bom Jesus da Serra
Boninal
Bonito
Boquira
Botuporã
Brejões
Brejolândia
Brotas de Macaúbas
Brumado
Buritirama
Caatiba
Cabaceiras do Paraguaçu
Cachoeira
Caculé
Caém
Caetanos
Caetité
Cafarnaum
Caldeirão Grande
Camacan
Camaçari
Campo Formoso
Canápolis
Canarana
Candeal
Candiba
Cândido Sales
Cansanção
Capela do Alto Alegre
Capim Grosso
Caraíbas
Caravelas
Carinhanha
Catolândia
Catu
Caturama
Central
Chorrochó
Cícero Dantas
Coaraci
Cocos
Conceição do Almeida
Conceição do Jacuípe
Conde
Condeúba
Contendas do Sincorá
Coração de Maria
Cordeiros
Coribe
Correntina
Cotegipe
Crisópolis
Cristópolis
Curaçá
Dom Macedo Costa
Encruzilhada
Entre Rios
Esplanada
Euclides da Cunha
Fátima
Feira da Mata
Feira de Santana
Filadélfia
Firmino Alves
Formosa do Rio Preto
Gentio do Ouro
Guanambi
Guaratinga
Ibiassucê
Ibicoara
Ibicuí
Ibipeba
Ibipitanga
Ibirataia
Ibitiara
Ibititá
Ibotirama
Ichu
Igaporã
Iguaí
Ilhéus
Ipecaetá
Ipiaú
Ipirá
Iraquara
Irará
Irecê
Itabela
Itaberaba
Itaetê
Itagi
Itagibá
Itagimirim
Itaguaçu da Bahia
Itajuípe
Itambé
Itaparica
Itapé
Itapebi
Itapetinga
Itaquara
Itatim
Itiruçu
Itororó
Ituberá
Iuiú
Jaborandi
Jacaraci
Jacobina
Jaguaquara
Jequié
Jeremoabo
Juazeiro
Jucuruçu
Jussara
Lafaiete Coutinho
Lagoa Real
Laje
Lajedão
Lençóis
Licínio de Almeida
Livramento de Nossa Senhora
Macarani
Macaúbas
Macururé
Maetinga
Maiquinique
Mairi
Malhada
Malhada de Pedras
Manoel Vitorino
Mansidão
Maracás
Maraú
Marcionílio Souza
Mascote
Matina
Miguel Calmon
Mirangaba
Mirante
Morro do Chapéu
Mortugaba
Mucugê
Mucuri
Mulungu do Morro
Mundo Novo
Muquém do São Francisco
Muritiba
Nordestina
Nova Canaã
Nova Redenção
Nova Soure
Nova Viçosa
Novo Horizonte
Olindina
Ourolândia
Palmas de Monte Alto
Palmeiras
Paramirim
Paratinga
Paripiranga
Pau Brasil
Pé de Serra
Pedrão
Pindaí
Pindobaçu
Pintadas
Piraí do Norte
Piripá
Piritiba
Planaltino
Planalto
Poções
Pojuca
Porto Seguro
Prado
Presidente Dutra
Presidente Jânio Quadros
Quijingue
Quixabeira
Rafael Jambeiro
Remanso
Riachão das Neves
Riachão do Jacuípe
Riacho de Santana
Ribeira do Pombal
Ribeirão do Largo
Rio de Contas
Rio do Antônio
Rio do Pires
Rodelas
Salvador
Santa Bárbara
Santa Cruz Cabrália
Santa Luzia
Santa Maria da Vitória
Santa Rita de Cássia
Santana
Santanópolis
Santo Antônio de Jesus
Santo Estêvão
São Felipe
São Félix do Coribe
São Francisco do Conde
São Gabriel
São Gonçalo dos Campos
São José da Vitória
São José do Jacuípe
São Miguel das Matas
São Sebastião do Passé
Sapeaçu
Sátiro Dias
Saubara
Saúde
Seabra
Sebastião Laranjeiras
Senhor do Bonfim
Serra do Ramalho
Serra Dourada
Serrinha
Serrolândia
Sítio do Mato
Sobradinho
Souto Soares
Tabocas do Brejo Velho
Tanhaçu
Tanque Novo
Tapiramutá
Teixeira de Freitas
Teodoro Sampaio
Teofilândia
Teolândia
Tremedal
Ubaíra
Ubaitaba
Ubatã
Uibaí
Umburanas
Urandi
Uruçuca
Utinga
Valença
Valente
Várzea da Roça
Várzea do Poço
Várzea Nova
Varzedo
Vereda
Vitória da Conquista
Wagner
Wenceslau Guimarães
Xique-Xique

Fonte: G1

recentes