quarta-feira, maio 29, 2024

TVs recebem R$ 32 mi em 3 dias para falar bem do governo

Entre 8 e 10 de abril, marco dos 100 dias do governo Lula, Globo, Record, Band, SBT e Rede TV faturaram pelo menos 32 milhões de reais da Secom (Secretaria de Comunicação) de Paulo Pimenta. Foram quase quarenta minutos de propaganda oficial na TV aberta.

Segundo a empresa Controle da Concorrência, foram 55 inserções (de 30 e 60 segundos). A Globo faturou 11,6 milhões de reais. Já o SBT de Silvio Santos levou 9,8 milhões de reais.

Marcada pelo apoio a Jair Bolsonaro, a Record recebeu 6,6 milhões de reais e ficou em terceiro lugar nos repasses.

A Band (3,7 milhões de reais) e Rede TV (854.000 reais) fecham a lista.

As TVs não falaram da falta de aumento real para o salário mínimo, da falta de picanha, da cerveja nem da promessa de acabar a invasão da Ucrânia numa mesa de abar, além de omitir que “quem rouba um celular para tomar uma cerveja não faz nada errado”, ou “roubar é um direito”, segundo Andres Sanches, além da queda do nível de emprego.

Bahia ON

recentes