domingo, maio 19, 2024

Outono começa na próxima quarta; saiba como serão os últimos dias de verão

O outono começa na próxima quarta-feira (20), mas os últimos dias de verão ainda devem ser de muito calor em todo o Brasil. De acordo com a Climatempo, a onda de calor que elevou as temperaturas na última semana vai se estender até o fim da estação.

Segundo Vinícius Lucyrio, climatologista da Climatempo, apesar das características de clima mais ameno do outono, os primeiros dias da próxima estação ainda devem estar sob influência da onda de calor.

“O fenômeno vai persistir em grande parte do interior do Brasil, principalmente nas áreas mais a leste do país, pegando São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e interior da Bahia”, analisa o meteorologista.

Lucyrio comenta que essas regiões devem continuar bem quentes até dia 20. Por volta do dia 21, o avanço de uma frente fria deve quebrar o padrão de calor, fazendo com que as temperaturas diminuam no Sul e no Sudeste.

A primeira frente fria do outono deve avançar pela faixa litorânea, podendo trazer um maior risco para o litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro. Há previsão de temporais em boa parte dos estados do Sul e no Mato Grosso do Sul.

Mesmo com um fim de verão típico, com calor acima da média, e início de outono ainda de calor, esse refresco deve acontecer na primeira semana da nova estação. “Não vai ser um frio intenso, pelo menos na região Sudeste, mas vai dar um bom alívio”, acrescenta Vinicius.

Início do outono no Brasil

Apesar de boa parte do país ter calor nesse fim do verão e início de outono, algumas regiões também podem registrar tempo instável na mudança de estação. Veja abaixo como fica o clima nos próximos dias:

Centro-Norte

Alguns estados dessas regiões devem seguir com condição de chuvas esparsas. A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) deve continuar espalhando nuvens nesses locais, trazendo tempo instável e chuvas pontualmente volumosas.

Contextualização: a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) é um encontro de ventos na região do Equador. É dos principais sistemas meteorológicos causadores de chuva em parte das regiões Norte e Nordeste do Brasil, segundo o Inmet.

De acordo com Vinícius Lucyrio, o norte do Pará, algumas áreas do Amapá, Maranhão, Piauí, Ceará e Rio Grande do Norte devem ter muita umidade até meados da próxima semana.

Na região Norte, também é possibilidade de temporais, principalmente no centro-sul da região, entre o sul do Amazonas, norte de Rondônia, sul do Pará. Nos demais estados, a chuva deve ser mais isolada.

O meteorologista ainda comenta que áreas do Brasil central também devem ter condição de pancadas mais isoladas, favorecidas pelo calor e alta umidade.

Sul e Sudeste

No Sudeste, o fim do verão e início do outono devem ser de muito calor, ainda por influência da onda de calor da semana anterior. O último dia do verão deve ser o pico de calor em Minas Gerais, em áreas do Rio de Janeiro, sul da Bahia e Espírito Santo.

Com o avanço da frente fria na primeira semana do outono, a faixa litorânea de São Paulo, Rio de Janeiro e sul do Espírito Santo devem ter condição de risco por conta dos fortes temporais.

No Sul, apesar das altas temperaturas registradas por conta da onda de calor, o tempo deve ficar instável no fim do verão. A região deve ter dias de chuva nos próximos dias, principalmente no Rio Grande do Sul.

Do G1 — Foto: RPC

recentes