quinta-feira, abril 25, 2024

Preço de carne tem maior queda dos últimos 15 meses no Brasil

A queda de 1,22% no preço da carne no Brasil, em fevereiro desse ano, foi a maior em quinze meses, segundo o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em novembro de 2021, última queda que foi maior do que a do último fevereiro, o item registrou baixa de 1,38%.

Entre os 18 subitens que compõem a carne no IPCA, a maior queda foi registrada pela picanha, que foi de 2,63%. Em seguida, as maiores quedas registradas foram as do fígado (2,50%), alcatra (2,50%), capa de filé (2,37%) e costela (2,28%).

Fome

O elevado preço de itens alimentícios, entre eles a carne, provocou aumento no número de pessoas com fome no Brasil.

De acordo com dados do 2º Inquérito Nacional sobre Insegurança Alimentar no Contexto da Pandemia da Covid-19 no Brasil, realizado pela Rede Brasileira de Pesquisa em Soberania e Segurança Alimentar e Nutricional (Rede PENSSAN), a pesquisa de julho do ano passado apontou que mais de 33 milhões de pessoas passavam fome no Brasil, número superior à população inteira da Venezuela, com 29.503 milhões de habitantes em 2022.

Fonte: A Tarde

recentes