sexta-feira, fevereiro 23, 2024

PT Bahia reforça Feira de Santana como prioridade nas eleições da Bahia

O Partido dos Trabalhadores da Bahia promoveu neste sábado (20), a quinta rodada de Encontros Territoriais no Portal do Sertão, em Feira de Santana, para organizar os Diretórios municipais da região, os dirigentes, a militância e preprarar a legenda para as eleições municipais de 2024. Participaram da atividade dirigentes dos diretórios estadual e municipais, prefeitos, o deputado estadual Robinson Almdeida, o deputado federal Zé Neto, os secretários de Justiça e Direitos Humanos, Felipe Freitas, a secretária de Mulheres, Elisângela Araújo, o presidente do PT Bahia, Éden Valadares e a membra da Executiva Nacional do PT, Lucinha do MST.

No Portal do Sertão, o objetivo é ampliar o número de vereadores, aumentar o número de prefeituras além das três já administradas pelo PT – Irará, Tanquinho e Santo Estevão – e unificar o partido em torno do nome de Zé Neto, escolhido como pré-candidato à prefeitura de Feira de Santana pelo Diretório Municipal. “Vamos organizar nossas chapas de vereadores e vereadoras, eleger uma quantidade signativa de mulheres, nos organizar onde o PT tem vitalidade e força para ampliar o número de prefeitos na Bahia, sobretudo nas maiores cidades. E Feira de Santana é uma das prioridades para o PT da Bahia”, afirmou o presidente do PT, Éden Valadares.

Zé Neto é a aposta do PT Bahia para vencer as eleições na principal cidade do Portal do Sertão. Além da já ter disputado a prefeitura de Feira, teve uma grande votação na eleição passada como deputado federal, com mais de 60 mil votos somente na cidade. “É a alternativa real de poder em Feira de Santana, é a alternativa a um grupo que já mostra um cansaço. O atual grupo que dirige Feira já demonstra sinais de cansaço, de falta de criatividade. Feira tem perdido em modernidade e a nossa Princesa do Sertão merece ficar na vanguarda da administração pública na Bahia e não com essa cara de atraso”, afirmou Éden.

No encontro, Zé Neto destacou a importância de fortalecer o diálogo com os partidos e com a população, na cidade, nos distritos e na zona rural para ouvir quais são as principais demandas e as prioridades do povo. “Conversar com mais gente, com mais setores, essa é a orientação, a que deu certo na caminhada. Robinson Almeida disse uma coisa que acho que é fatal, não tem para onde correr: 2024 vai ser o ano do PT. Agora nos cabe uma energia com coragem, com discernimento, com a juventude, com maturidade. Combinar essa caminhada com o que a gente aprendeu no tempo e com o que a gente vai construir para o futuro. Eu não tenho dúvida disso, se tem uma coisa que me dá muito força são minhas companheiros e meus companheiros da história e essa menina que está chegando entendendo qual é a missão”, disse Zé Neto.

Acorda Cidade – Foto: Divulgação/PT Bahia

recentes